Notícias

Tocantins receberá novos investimentos em segurança penitenciária

30/09/2016 - Jaciara França

O Tocantins, mais uma vez, será beneficiado com doações de novos equipamentos de inspeção eletrônica e ainda veículos para atender o Sistema Penitenciário do Estado. Foi o que anunciou o diretor-geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça e Cidadania (MJC), Marco Antônio Severo Silva, à secretária de Estado da Cidadania e Justiça, Gleidy Braga, durante reunião ocorrida nesta quinta-feira, 29, em Brasília (DF).

Entre os benefícios, que serão entregues ainda em 2016 estão: sete veículos (furgão cela), avaliados em R$ 1.300.000. Além disso, o Depen informou que um processo de licitação está em andamento para aquisição de cinco veículos 4x4 e um ônibus, que juntos totalizam um investimento de R$ 1.800.000, todos adaptados para o transporte e a escolta de presos.

De acordo com a secretária, os gestores estaduais tocantinenses atuam cumprindo a proposta do governador Marcelo Miranda de formalizar parcerias e na busca de caminhos que permitam dinamizar a gestão pública. “No caso da Cidadania e Justiça, nossa busca é incessante e o Depen tem sido sensível às nossas demandas. Os benefícios recebidos garantirão mais segurança aos servidores que exercem as atividades de transportes e de escolta de presos, além de estarem adequados às exigências de salubridade e dignidade estabelecidas na legislação no que se refere a direitos e garantias da pessoa presa”, esclareceu Gleidy Braga.

Equipamentos de Inspeção

Os equipamentos de inspeção eletrônica que serão doados pelo Depen foram utilizados nas Olímpiadas Rio 2016 e nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 e consistem em pórticos detectores de metal, raios-X e  magnetômetros portáteis, utilizados para medir a intensidade, a direção e os sentidos de campos magnéticos próximos, que somam investimento de aproximadamente R$ 1.000.000.

Durante as Olímpiadas e os Jogos Paralímpicos, os agentes penitenciários do Tocantins, Lincoln Rafael, Clarissa Vasques e Antônio Félix, reforçaram as equipes de segurança no Rio de Janeiro à convite do Depen. De acordo o gerente de Inclusão, Classificação e Remoção de Presos da Seciju e responsável pela missão tocantinense na operação, Cristóvão Lopes da Silva, o trabalho consistiu em coibir a entrada de objetos ilícitos e nocivos, além de evitar tentativas de ataques terroristas nas áreas dos jogos. “A atuação do Tocantins foi bastante elogiada”, concluiu o gerente.

Para a secretária Gleidy Braga, tudo isso sela o bom relacionamento entre o Depen e o Governo do Estado. “Os diversos equipamentos serão de suma importância para a execução dos trabalhos no Sistema Penitenciário tocantinense, pois garantirão mais eficiência nas revistas realizadas em pessoas que adentram as unidades prisionais, mais segurança para servidores, para a sociedade e mais garantias à dignidade aos privados de liberdade e seus familiares. Ou seja, toda a sociedade tocantinense ganha com isso”, reforçou a secretária.

Compartilhe esta notícia